TX RX Fórum
O radioamadorismo perdura num mundo da internet Popup110
Registe-se, faça a sua apresentação e terá acesso total ao TX&RX Fórum. ___________________________ Apresente-se dizendo quem é, escreva algo sobre si. Exemplo: Nome, indicativo, nome de estação, localidade, o que mais gosta de fazer no mundo das radio-comunicações e outras coisas que ache importante para a sua apresentação. Se é novato não tenha vergonha de o dizer, pois cá estamos para o ajudar.
___________________________ O TX&RX Fórum destina-se à publicações de mensagens "posts" relacionados com todos os assuntos sobre Radio Frequência. Essas mensagens têm como objectivo promover ideias, experiências, projectos, esclarecer duvidas, divulgação de actividades e publicações de novidades sobre Radio Comunicações.
Divirta-se!!
Siga no Facebook

RELÓGIO



Divulgação


O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por CT2JKJ em Ter 6 Nov 2012 - 14:06

Olá

Encontrei este texto, deixo aqui para reflexão e para informação.

(...)
De alguma forma faz pouco sentido que o radioamadorismo continue a prosperar na era do Twitter, Facebook e iPhones. Mas esta centenária tecnologia de comunicações - que exige geralmente que você seja aprovado em um exame para receber uma licença - atualmente atrai cerca de 350 mil praticantes na Europa e mais de 700 mil nos Estados Unidos, cerca de 60% a mais de que há 30 anos atrás. Por que um simples microfone, um transmissor-receptor e a liberdade sedutora de um espectro radioelétrico aberto, transformou um anacronismo “low-tech” em um hobby global, duradouro e profundamente envolvente?




Para começar, há uma emoção no estabelecimento de uma conversa de rádio de longa distância que nenhuma comunicação de internet comercializada pode competir. Em um mundo de torrents de e-mails, mensagens instantâneas e vídeos-chat do Skype, há um grau de pureza e uma riqueza de experiência compartilhada na troca de "73s" durante um QSO "ao vivo" com estranhos em outros continentes. Por isso, as "gírias" são definidas pela própria comunidade radioamadorística - 73 traduzindo como "atenciosamente" e QSO como conversas bi-laterais - informam os praticantes que pertencem à este clube especial, curioso e altamente cortês. E o fato de que DXistas - operadores comunicação de longa distância - se dão ao trabalho de acusar transmissões recebidas e conversas, enviando a seus novos contatos postais personalizados através do serviço postal convencional... bem, isto é um encanto único em um mundo onde é considerado excessivo acabar uma comunicação com qualquer coisa mais efusiva do que um "tchau".

Você só precisa observar um punhado desses cartões para compreender, ainda hoje, a emoção à moda antiga de se conectar com um estranho que pode estar a muitos milhares de quilômetros afastado. Os cartões-postais - conhecidos como cartões QSL - podem ser tão peculiares e cheio de personalidade como os próprios remetentes. Às vezes bem-humorado e característicos, outros concisos e cheios de referências geograficas, eles naturalmente têm inspirado sua própria sub-cultura que estimulou DXistas a colecioná-los e exibi-los tanto como fariam com coloridos selos estrangeiros.

Os cartões QSL sempre exibem, pelo menos, algumas informações básicas sobre o remetente. Isto geralmente inclui o indicativo de chamada individual do operador de rádio, sua (não demasiados detalhes) localização e alguns detalhes sobre o sinal detectado. E só para mostrar que a geração de Twitter não inventou as contrações linguísticas exemplificadas os textos das mensages, os cartões QSL dependem muito de gírias e abreviações para conter tantas informações em um espaço tão apertado. Portanto os cartões exibirão o "RST" - legibilidade, qualidade do sinal e intensidade, da estação de rádio recebidos. Algumas vezes, detalhes do "XMTR" (transmissor) e "ANT" (antena); e ocasionalmente um pedido para retribuir, expresso como a forma abreviada "PSE QSL TNX" (por favor, envie-me um cartão de confirmação, obrigado) ou o mais tagarela "HW ABT A CRD OM?" (how about a card, old man? – mande-me um cartão, companheiro?). Old Man (OM), aliás, não é uma referência para a idade do destinatário assim como, nas ocasiões mais raras quando o DXist é do sexo feminino, ela é conhecida como uma "YL", uma jovem senhora, seja qual for sua idade cronológica.

DXistas têm sido trocando cartões QSL desde, pelo menos, 1916, quando Edward Andrews da Filadélfia - indicativo 3TQ - acusou o recebimento de um cartão de 8VX de Buffalo, nova York. Na década seguinte, o hobby cresce rapidamente - tanto assim que, em 1928, Paul Segal (W9EEA) formula um "código de ética do radioamador" que estabelece seis principais qualidades que os praticantes devem ter: "O radioamador é Atencioso e Ponderado... Leal... Progressista... Amistoso... Equilibrado... e Patrióta” e Segal ainda especifica, “sempre prontos a servir seu País e a Comunidade”.

Desde então, o hobby tem cativado todos, até mesmo a realeza e celebridades. Entre os mais célebres DXistas podemos citar Rei Hussain da Jordânia (JY1), Rainha Noor da Jordânia (JY1H) e Juan Carlos, Rei da Espanha (EA0JC). Tendo escolhido o momento certo, você poderia ter conversado com o Rei Hassan II do Marrocos (CN8MH), o ex-sultão de Omã (A41AA) ou Bhumiphol Adulayadej, rei da Tailândia (HS1A). Se os monarcas não lhe atraem, você em vez disso poderia ter contatado Marlon Brando (FO5GJ), o Primeiro-Ministro Rajiv Ghandi da Índia (VU2RG), ou o apresentador Norte-Americano Walter Cronkite (KB2GSD), sem esquecer o cantor Cliff Richard (W2JOF), Joe Walsh (do The Eagles) (WB6ACU) e DXistas de fora deste mundo como Yuri Gagarin e Helen Sharman.

É de se admirar que colecionadores descrevam a satisfação de receber um novo cartão estrangeiro exótico como semelhante ao de um filatelista descobrindo um selo comemorativo raro. Isso explica por que o falecido Jerry Powell, um radioamador de Nova Jersey entre 1928 e 2000 (W2OJW), orgulhosamente exibida os 369 cartões que ele havia se reunido de Okinawa a Papua. Outro obsessivo colecionador, Thomas Roscoe de Brookfield, Ohio (K8CX), criou um imponente Museu de cartões QSL onde ele exibe seus troféus do Afeganistão ao Zimbábue (você pode ver seu cartões individuais em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Faça uma viagem com Roscow de para Wallis e Futuna Island e Kiribati Ocidental, para o Quirguistão e Ilha Kerguelen; visite "Estados" cuja estatuto internacional é um pouco controverso, como a República de Ichkeria e o Principado de Sealand. celebre eventos únicos, como operação “Desert Storm” na Arábia Arabia, ou última viagem do Queen Mary.

Mas não é simplesmente a emoção de colecionar os cartões que continua a inspirar os DXistas, nem o desejo cego de se comunicar. Em vez disso, os radioamadores orgulhosamente falam sobre pertencentes a uma fraternidade global, com poucas regras, pouca burocracia e a capacidade de transcender a língua, religião e raça - ao mesmo tempo em que nunca se saber com se poderá entrar em contato.

Além disso, é claro, há a chance de ser um verdadeiro herói da vida real. Dias depois de um terremoto de magnitude 7,3 que devastou o Haiti em Janeiro, os radioamadores estiveram ocupados no trabalho de conectar socorristas no interior do país e entrar em contato com famílias de sobreviventes. Quando um terremoto de magnitude 8,8 se abateu sobre o Chile no mês seguinte e a rede telefônica entrou em colapso, um radioamador chamado Alejandro Jara transmitir as primeiras informações do local. Os radioamadores atuaram durante o 11 de setembro de 2001 e durante o furacão Katrina.

Há ainda Tony Pole-Evans, um observador de aves com um rádio de ondas curtas na Ilha de Saunders, que certamente arriscou sua vida durante a invasão de 1982 da Argentina nas Ilhas Malvinas, quando transmitiu via rádio à Grã-Bretanha a primeira notícia do pouso dos 1000 soldados em Goose Green.

Que emocionante deve ter sido interceptar essa chamada de rádio particular. E menino, este cartão QSL estaria no “top” de sua coleção. Você pode tweetar se você gosta, mas esta é a verdadeira maneira de comunicar-se.


By David Rowan
CT2JKJ
CT2JKJ
Profissional


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por Açoreano em Ter 6 Nov 2012 - 21:32

só tenho a dizer isso, estou a começar na banda de cidadão e fiquei bem contente quando recebi as 2 QSL a confirmar os contactos para Itália.... lol

Açoreano
Açoreano
Profissional


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por ALF007 em Qua 7 Nov 2012 - 2:15

I like this!

__________________________________
Qualquer duvida exponha no Fórum.
Vamos ajudar-lhe.
Com as suas duvidas, vamos aprender!
Por isso existe o
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]     ... 73's
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Siga o Facebook TX&RX Fórum
.... O meu canal
You Tube

Instagram
TX&RX DX Grupo
31TX007 - Classe 3
PMR265
ALF007
ALF007
Administrador Fundador


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por pmr3363chaparrito em Qua 7 Nov 2012 - 18:29

I like this!
Wink
pmr3363chaparrito
pmr3363chaparrito
Guru


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por tangará em Qua 7 Nov 2012 - 20:49

eu adoro o c.b. só que em ssb as varias estaçoes nunca estavam na freq certa ao *milimetro* e isso provovaca uma xilreada cá no qt (ai os cotas passavam-se)que ou ia de fones ou entao adeus banda lateral Mad hoje em dia só nao esta na freq real quem no quer e isso dámais conforto e menos guerra em casa co aquelas estaçoes fora de freq... Like a Star @ heaven
avatar
tangará
!BANIDO!


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por pmr3363chaparrito em Qui 8 Nov 2012 - 5:35

so e pena e ter de se pagar pra se poder fazer/ter cb Sad
pmr3363chaparrito
pmr3363chaparrito
Guru


Voltar ao Topo Ir em baixo

O radioamadorismo perdura num mundo da internet Empty Re: O radioamadorismo perdura num mundo da internet

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum